beaujolais_zoom.png

A Região

A região de Beaujolais fica na parte mais ao sul da Borgonha, logo depois de Lyon.


É famosa pela tipicidade única de seus vinhos, produzidos com a uva tinta Gamay.


O vinho de Beaujolais ficou famoso mundialmente a partir do projeto do Beaujolais Nouveau, que é o primeiro vinho engarrafado na nova safra.


Antes era um vinho simples compartilhado por todos os vinicultores locais para festejar a nova safra, mas um criativo projeto de marketing amparado pelo governo francês propôs a distribuição mundial no novo vinho, transportado pelos aviões da Air France, para degustações realizadas na terceira quinta-feira de novembro, a cada ano


A proposta funcionou muito bem durante os primeiros anos, perdendo parte do interesse devido à simplicidade do vinho, se comparada ao preço de venda resultante da logística envolvida.


O Beaujolais é um vinho fresco, frutado e jovial, deve ser bebido quase gelado e acompanha petiscos, frios e carnes de aves.



Os Crus de Beaujolais

O Beaujolais é classificado em três tipos básicos:

  • Beujolais
  • Beaujolais Villages
  • Beaujolais Supérieur


Alés dessas classificações, existem 10 Crus, que são vinhedos classificados por suas características de qualidade. Os vinhos dessas localizações são mais prestigiados e têm preço mais elevado, e o nome do Cru figura no rótulo.


  • Brouilly
  • Chénas
  • Chiroubles
  • Côte de Brouilly
  • Fleurie
  • Juliénas
  • Morgon
  • Moulin à Vent
  • Régnié
  • Saint Amour